Medicina Nuclear

Medicina Nuclear

A Medicina Nuclear é uma especialidade médica que aplica pequenas fontes de radiação ligadas a moléculas específicas, os radiofármacos, para estudar aspetos particulares do doente e da doença, realizando assim exames auxiliares de diagnóstico de grande importância.

Esses radiofármacos, que têm emissão radioativa, são absorvidos pelas células e detetados no exterior através de equipamentos especiais como a Câmara Gama ou o Tomógrafo PET/TC.

 

Os exames de Medicina Nuclear são meios auxiliares de diagnóstico não-invasivos que apoiam várias especialidades médicas como a Cardiologia, Oncologia, Ortopedia, Pediatria, Endocrinologia, Neurologia, Nefro-urologia, Gastrenterologia, entre outras.

 

A Medicina Nuclear articula a sua atividade com os serviços médicos que solicitam os seus serviços, tanto dos hospitais e clínicas CUF como exteriores a estes.

Esta articulação com os diferentes serviços médicos tem por objetivo facilitar a circulação de informação relevante para o doente, agilizar marcações de exames e transporte dos pacientes e potenciar o resultado do exame nos tratamentos futuros, aspeto particularmente importante nas áreas de Radioterapia e Oncologia.

Unidades de Medicina Nuclear

CUF Descobertas Hospital CUF Porto Instituto