Carolina Deslandes
Os profissionais de saúde que me acompanharam tiveram um cuidado fora de série

Carolina Deslandes foi mãe pela terceira vez no Hospital CUF Descobertas. Na CUF Carolina encontra a sua "médica de sempre, a Dra. Cristina Horgan, em quem confio a minha vida e que foi responsável pelo nascimento dos meus três filhos".

 

A terceira gravidez correu bem, "foi muito pacífica. Não tive complicações nem enjoos. Dei concertos até duas semanas antes de o Guilherme nascer e correu sempre tudo bem. Tenho a sorte de poder contar com o apoio incondicional da minha médica. Isso ajudou-me a sentir outro tipo de segurança no meu dia a dia".

 

"Sempre fui muito bem tratada na CUF"

 

"Nenhum dos meus filhos tinha estado na Neonatologia, era uma realidade que desconhecia, e fiquei muito surpreendida pela positiva". Todos os profissionais de saúde que a acompanharam durante esta experiência tiveram "um cuidado fora de série e um amor a tratar dos bebés que não conhecia. Fiquei a admirar ainda mais a profissão. Principalmente quem trata da saúde dos mais pequeninos, porque é preciso ter muita sensibilidade. A sensibilidade aliada ao bom profissionalismo fez com que a experiência fosse mais pacífica".

 

Depois do parto Carolina continua a recorrer à CUF para as questões de saúde relacionadas com os seus filhos. Considera que o pediatra tem um papel de relevo no crescimento saudável dos seus filhos e que é "importante expormos todas as nossas dúvidas e termos profissionais em quem confiemos e que possamos ouvir". "Não deixem de perguntar se tiverem alguma dúvida sobre a saúde dos vossos filhos. Não fiquem com receio de estar a chatear, às vezes isso evita problemas de força maior. Confiem que sabem tratar dos vossos filhos mas, como muitas mães não têm formação na área da saúde, procurem a ajuda de um profissional em quem confiem e recorram a ele sempre que tiverem dúvidas".

 

Carolina também recorre à CUF "em questões relacionadas comigo, porque depois do parto é preciso sermos acompanhadas pela nossa médica para termos uma boa recuperação. Principalmente eu, que fiz três cesarianas. Mas não tive dores, não sofri nada, todas as minhas perguntas tiveram resposta rápidas e isso é meio caminho andado para se ter um pós-parto descansado".

 

Mas nem todos os momentos são de alegria e Carolina sofreu o seu primeiro susto enquanto mãe na primeira gravidez, quando teve uma gastroenterite viral. "Fiquei internada na CUF, mas tranquilizaram-me, explicaram-me os procedimentos e, mais uma vez, fui muito bem tratada. Estive dois dias internada na mesma unidade onde iria estar durante o nascimento dos meus filhos e fiquei a conhecer as pessoas e as instalações. Percebi que eram todos muito atenciosos e isso tranquilizou-me para o nascimento do meu primeiro filho".