Dia Europeu da Enfermagem Oncológica

Celebra-se no dia 18 de maio o Dia Europeu da Enfermagem Oncológica, inicialmente criado pela Sociedade Europeia de Enfermagem Oncológica. Juntam-se, em toda a Europa, diversas organizações e associações para sinalizar este dia, desde associações de apoio a pessoas com doença oncológica até associações profissionais, como a European Cancer Organisation.

O Instituto CUF Oncologia também não deixaria de poder sinalizar este dia. Contamos, no I.C.O., com uma equipa de enfermeiros de oncologia com vasta experiência na área que procuram, todos os dias, prestar cuidados de excelência à pessoa com doença oncológica.

A doença oncológica é, cada vez mais, uma realidade presente na vida e nos contextos familiares, profissionais e sociais de cada um de nós. A par do aumento do número de pessoas diagnosticadas com cancro também aumentam, felizmente, os sobreviventes de cancro, uma vez que os diagnósticos e tratamentos são cada vez mais eficazes. Esta “oncologia moderna” traduz-se numa necessidade de ter uma cultura de trabalho flexível, inovadora e multidisciplinar. Está, até, comprovado que este trabalho multidisciplinar se traduz em melhores resultados para a pessoa com doença oncológica. É, por isso, de extrema importância a existência de profissionais especializados em determinada área no tratamento da doença oncológica, ao que a Enfermagem não é exceção. Os enfermeiros têm uma contribuição fundamental durante o percurso da pessoa com doença oncológica, pelo seu acompanhamento, pelo seu cuidar e pela sua relação de empatia e parceria com doentes e familiares/cuidadores. A par disso, o seu conhecimento e experiência traduzem-se numa clara contribuição e suporte não apenas para a pessoa com doença oncológica mas, também, para os sistemas de saúde.

As equipas de enfermagem oncológica do I.C.O. integram, de Norte a Sul do país, enfermeiros experientes e/ou especializados em Oncologia, que trabalham nas Unidades de Diagnóstico e Tratamento Integrado, nos Hospitais de Dia ou nas Unidades de Cuidados Paliativos. Eles têm um importante papel, no seio da equipa multidisciplinar, na educação do doente, na administração, monitorização e avaliação do tratamento oncológico, no apoio psicossocial e no controlo sintomático, desde o momento do diagnóstico, durante os tratamentos e, também, na fase de sobrevivência ou em cuidados paliativos.

No dia 18 de maio, milhares de enfermeiros de oncologia estarão, por toda a Europa, a sinalizar o dia e a contribuir para o reconhecimento da Enfermagem Oncológica como especialidade, procurando, assim, a prestação de melhores cuidados a todas as pessoas com doença oncológica.

No dia 18 de maio, milhares de enfermeiros de oncologia estarão a trabalhar e a contribuir, de alguma forma, para melhorar o dia de alguém.

No dia 18 de maio, e em todos os outros, os enfermeiros de oncologia do I.C.O. estarão sempre ao seu lado.

 

Sara Torcato Parreira

Enfermeira Especialista

Instituto CUF Oncologia

Representante Europeia dos Jovens Enfermeiros de Oncologia:

Sociedade Europeia de Enfermagem Oncológica

 

Para mais informações, visite o site: www.europeancancernursingday.com