Exercícios Pós Parto

Se teve um bebé recentemente e quer recuperar a forma física, este artigo é para si. Dizemos-lhe quando (re)começar os exercícios pós-parto e com que ritmo.
Publicado por: CUF em
Tags: amamentação , atividade física , depressão pós-parto , exercício físico , ginástica , pós-parto , puerpério
Exercícios Pós Parto

Depois do nascimento de um bebé e uma vez que as rotinas estejam adaptadas à existência do novo membro da família, a mãe poderá retomar as suas atividades e recuperar a forma física. Mas quando será seguro voltar a praticar exercício físico? Que atividades constituem a melhor opção?

Respondemos-lhe a estas e outras perguntas.

 

Quando recomeçar a praticar exercícios pós-parto

O American College of Obstetricians and Gynecologists recomenda que as mulheres recomecem a praticar exercício físico logo que seja seguro em termos físicos e médicos.

A nível geral, tratando-se de parto normal, a mãe poderá começar os exercícios pós-partoduas semanas depois do nascimento do bebé. No caso de cesariana, são necessárias cerca de seis semanas. Em qualquer dos casos, a mulher deve aconselhar-se previamente com o médico sobre que cuidados deve ter antes de iniciar a prática de exercícios após o parto.

 

Aleitamento materno e exercícios pós-parto

Também de acordo com o American College of Obstetricians and Gynecologists, nos vários estudos realizados com mulheres que estavam a amamentar os bebés e que começaram a praticar exercícios pós-parto foi verificado que a prática de exercício físico não afetou a composição e quantidade do leite materno ou o crescimento do bebé.

 

Ginástica de recuperação pós-parto

Os exercícios de recuperação pós-parto são uma boa opção, pois ajudam a mulher na recuperação do corpo, promovem a sensação de bem-estar e contribuem para o aumento da autoestima e da confiança, normalmente mais frágeis nesta fase e que podem conduzir à depressão pós-parto. Estas aulas são também a oportunidade para conhecer outras mães recentes e partilharem dúvidas e experiências, o que também é benéfico para prevenir sintomas depressivos.

Os exercícios pós-parto são muito úteis para reforçar a sustentação da bexiga e do intestino, fortalecem a vagina e reduzem a probabilidade de incontinência urinária e queda da bexiga no futuro. Nas aulas de recuperação pós-parto também se fazem exercícios para correção da flacidez do abdómen e melhoria do contorno corporal.

 

Diferentes modalidades para exercícios pós-parto

Fazer hidroginástica, natação, pilates ou caminhadas são opções adequadas, bem como outras modalidades que fortaleçam os músculos abdominais, pélvicos e da parte inferior das costas. De início, segundo a Harvard Health Publications, 20 a 30 minutos três vezes por semana é suficiente.

É importante que a mãe use um soutien próprio para desporto e que deve estar ajustado ao tamanho do peito.

 

O bom senso deve ser o indicador

Um bom indicador para saber se está na altura de recomeçar a atividade física e fazer exercícios pós-parto é a disposição da mãe: o cansaço, a boa disposição e os ritmos de sono mostram como está a resistência física, ditando se chegou ou não o momento. Mas não se esqueça: o médico tem a palavra final.

 

5  benefícios da prática moderada de exercício físico no pós-parto

  • Melhora a saúde e bem-estar geral da mulher
  • Estimula a libertação de endorfinas, hormonas que promovem a sensação de bem-estar, ajudando a prevenir a depressão pós-parto
  • Aumenta os níveis de energia
  • Ajuda a mãe a recuperar a forma física
  • Promove um sono mais tranquilo

 

Artigo relacionado

Alterações físicas e fisiológicas após o parto