7 cuidados a ter com os bebés na praia

Os bebés também podem desfrutar de um tempo agradável passado à beira-mar, desde que sejam tomadas as devidas precauções.
Publicado por: CUF em 01 de Agosto 2018
Tags: bebé , crianças , praia , verão , sol , pele
Cuidados a ter com os bebés na praia
  1. A partir de que idade é seguro?

Todos os bebés devem apanhar sol para que a síntese da vitamina D se faça. Mas apanhar 15 a 20 minutos de sol às horas saudáveis não é a mesma coisa que estar na praia horas seguidas. A maioria dos médicos é cuidadosa em recomendar praia antes dos 6 meses de vida. Uma coisa é certa: seja qual for a idade, não pode faltar protetor solar, guarda-sol ou corta-vento, além de toalhas com fartura. É que a areia também queima! Adicionalmente, as tendas ou iglus são fortemente desaconselhados devido ao efeito de estufa, aumentando o risco de desidratação.

 

  1. Em que horário?

A pele das crianças é fina e sensível. Mesmo quando há vento ou nevoeiro, os raios ultravioleta podem penetrar essa frágil barreira e causar queimaduras. Por isso, evite levar as crianças à praia entre as 11h00 e as 16h30. Nesse horário, as radiações ultravioletas são ainda mais perigosas e o risco de queimaduras solares aumenta.

 

  1. O que lhe deve vestir?

Embora os bebés fiquem muito giros com calções ou biquíni, essa indumentária não chega. Vista o seu bebé com calças e camisolas frescas, em algodão, tapando os braços e as pernas. Nunca se esqueça de lhe colocar um chapéu com abas largas. Os óculos de sol não são recomendados para todos os bebés ou crianças. Se o bebé já caminhar deve andar descalço, mas atenção à areia quente.

 

  1. Que tipo de proteção solar deve usar?

Escolha um protetor solar adequado para crianças, com um fator de proteção UVA e UVB elevado (FPS 50 ou 50+), de preferência com filtros físicos ou minerais. Aplique sempre o protetor antes de vestir o bebé para garantir que não deixa nenhuma zona do corpo de fora. Repita a dose passadas uma ou duas horas, sobretudo após o banho, mesmo que o protetor seja à prova de água.

 

  1. O que pode levar para comer?

Se vai com o seu bebé à praia, leve uma mala térmica com água e alimentos para evitar a desidratação (até porque ele vai transpirar mais do que o costume) ou fome. Prefira alimentos que não se deteriorem facilmente. Se estiver a amamentar, será ainda mais fácil. Para as crianças mais velhas, são adequados pão, fruta laminada ou palitos de cenouras.

 

  1. Como lidar com a areia?

Se alguns bebés ficam incomodados com a areia, outros adoram rebolar-se e até meter alguma na boca. Quando o seu bebé estiver a brincar, preste atenção para evitar que ele ingira areia e tudo o mais que possa ir agarrado, como lixo, conchas ou pedras. Se o bebé meter areia na boca, assegure-se de que retira o máximo que pode e dê-lhe água. No entanto, se comer alguma areia, sem corpos estranhos, não terá qualquer sintoma.

 

  1. É seguro ir à água?

Se a praia não é segura para os adultos, também não é segura para o seu bebé. Se estiver interdita a banhos, respeite a interdição - a água pode estar contaminada com bactérias ou outros microrganismos que poderão provocar doenças. Se a praia for vigiada e a bandeira estiver verde, pode levar o seu bebé no colo ou pela mão, mas munido de braçadeiras ou colete salva-vidas. Mesmo que as crianças saibam nadar na piscina, nunca as deixe sozinhas ou sem vigilância de um adulto. Cuidado com os colchões ou boias insufláveis, uma vez que podem virar-se com facilidade. Com ou sem brincadeira, os banhos devem ser rápidos. Leve uma toalha e enrosque bem o seu bebé, enxugando-o de imediato.

 

Atenção!

Calor e raios ultravioleta não são sinónimos. Mesmo quando o tempo não está muito quente e o sol parece tímido, os raios ultravioleta podem queimar!