Acne na idade adulta: 5 perguntas e respostas

Não é exclusiva da adolescência, podendo surgir em qualquer idade. Mas tem solução.
Publicado por: CUF em 02 de Junho 2016
Tags: acne , acne na idade adulta , borbulhas , lesões , pontos negros

A acne é muito frequente na adolescência mas, na realidade, pode surgir em qualquer idade. A acne tardia afeta mais mulheres que homens devido, sobretudo, às alterações hormonais. Mas a toma de determinados fármacos, a aplicação de produtos inadequados ao tipo de pele e mesmo a maquilhagem (pelo efeito oclusivo) podem potenciar a acne.

 

1. Afinal, o que é a acne?

Trata-se de uma doença inflamatória da unidade pilo-sebácea e que envolve vários fatores sob controlo hormonal. O desenvolvimento da acne pode abranger desde retenção de material sebáceo nas glândulas, em que os poros podem estar abertos ("pontos negros") ou fechados ("pontos brancos"), até à inflamação e infeção das glândulas devido à proliferação de microrganismos bacterianos.

 

2. O que fazer?

Idealmente, o tratamento deve ser iniciado ainda durante a fase de retenção e passa por promover a abertura dos poros e eliminar o material sebáceo acumulado. Consultar um dermatologista atempadamente evita que as formas iniciais da acne se transformem em lesões inflamatórias que, por seu turno, podem levar à formação de cicatrizes residuais. Por outro lado, não atuar nos fatores que potenciaram a acne pode fazer com que esta se torne crónica.

 

3. Como se trata a acne?

Os tipos de tratamentos utilizados vão depender da fase em que a acne se encontra, sendo que numa primeira fase é aconselhável usar produtos que promovam a descamação e a desobstrução dos poros e produtos reguladores da produção de sebo. Na fase inflamatória pode ser indicado utilizar agentes antisséticos, antibióticos e retinoides (derivados da vitamina A). Depois do tratamento, deve fazer-se uma terapêutica de manutenção que envolve produtos adequados ao tipo de pele, não oclusivos e não gordurosos.

 

4. O que fazer para prevenir ou não agravar a acne?

Embora seja necessária uma avaliação individual, existem cuidados que ajudam a prevenir ou a não agravar a acne:

  • Lave o rosto duas vezes por dia. Use um gel não irritante, não oclusivo e que ajude a regular a produção de sebo;
  • Prefira cosméticos oil-free. O mesmo se aplica à maquilhagem;
  • Faça uma esfoliação ligeira ao rosto uma/duas vezes por semana;
  • Não mexa nas borbulhas ou lesões;
  • Faça uma alimentação saudável;
  • Aprenda a gerir o stresse;
  • Evite ambientes poluídos.

 

5. Como se eliminam as cicatrizes provocadas pela acne?

As cicatrizes residuais resultantes da acne não são todas iguais, pelo que os tratamentos também são diversos, desde o laser pulsado de contraste a vários tipos de peeling, laser de CO2 fracionado ou plasma enriquecido em plaquetas. No entanto, nunca é demais salientar que cada caso é um caso.

 

Sabia que...

As áreas mais frequentemente afetadas pela acne são o rosto, pescoço, peito e zona superior das costas.