Antibióticos: porque se devem tomar até ao fim? (Infografia)

Muitas pessoas param de tomar antibióticos quando se sentem melhor. Outras não os tomam a horas. São erros comuns que põem em causa a sua eficácia e, consequentemente, a nossa saúde.
Publicado por: CUF em 17 de Janeiro 2017
Tags: antibióticos , resistência a antibióticos
Antibióticos: porque se devem tomar até ao fim?

São muitas as pessoas que caem no erro de interromper a toma do antibiótico antes do período que o seu médico assistente prescreveu. O motivo é simples: fazem-no porque já se sentem melhor ou já não apresentam quaisquer sintomas. É um erro comum, mas não por isso menos grave. Pode levar a que as bactérias que estão a provocar a doença do paciente não morram e a que o problema persista e até que estas desenvolvam resistência ao fármaco.

Mas este erro não está sozinho. Conheça outros erros associados à toma de antibióticos e saiba porque representam um risco para a saúde.

 

Muitas pessoas param de tomar antibióticos quando se sentem melhor. Outras não os tomam a horas. São erros comuns que põem em causa a sua eficácia.