Panarício: o que o provoca e como resolver?

Aparece à volta das unhas, tem mau aspeto e provoca dor. Chamam-lhe panarício. Se quer saber como se trata e previne, deite a mão a estes conselhos.
Publicado por: CUF em 01 de Março 2017
Tags: panarício , perioníquia , unhas
Panarício: o que o provoca e como resolver?

O panarício ou perioníquia é uma inflamação aguda ou crónica da pele à volta da unha (tecido periungueal). Pode afetar um ou mais dedos das mãos ou dos pés.

 

Como surge

Na origem do panarício está sempre um traumatismo ou lesão à volta da unha, por onde entram germes causadores de infeção, sobretudo bactérias (Staphylococcus, Streptococcus ou Pseudomonas). O fungo mais frequentemente envolvido é o Candida albicans. Importa referir que é bem distinto do panarício herpético, provocado por um vírus (herpes simplex), normalmente após uma infeção oral primária, e que atinge sobretudo crianças.

 

Sinais e sintomas do panarício

Embora possa haver alguma variação, a apresentação habitualmente inclui:

  • Inchaço, dor e vermelhidão à volta da unha;
  • Pus.

 

Fatores de risco

Todas as pessoas podem ser afetadas, mas algumas têm maior risco de desenvolver panarício, designadamente:

  • Crianças ou adultos com o hábito de chupar o dedo ou de roer as unhas (onicofagia);
  • Profissionais que contactam muito com a água e/ou com produtos químicos (como detergentes);
  • Adultos que, ao “arranjar” as unhas, retiram a cutícula em redor das unhas;
  • Diabéticos;
  • Pessoas com problemas de circulação sanguínea.

 

Diagnóstico e tratamento do panarício

Após o diagnóstico, que pode implicar um teste laboratorial à sua unha, o médico instituirá o tratamento mais adequado. Eis algumas das medidas a adotar:

  • Limpe e desinfete bem o local;
  • Aplique compressas quentes várias vezes por dia;
  • Aplique soluções tópicas e tome os medicamentos prescritos pelo médico;
  • Em caso de abcesso, pode ter de se submeter a uma incisão e drenagem cirúrgica.

 

Comportamentos a evitar

Para prevenir, deve evitar comportamentos que traumatizem a pele à volta das unhas. Assim:

  • Não roa as unhas;
  • Não corte demasiado as unhas e as cutículas;
  • Não esteja muito tempo com as mãos na água;
  • Evite usar substâncias agressivas e irritantes.

 

Conselhos para que o panarício não se repita

  • Mantenha sempre as unhas bem limpas, secas e curtas;
  • Evite remover as cutículas ou aplicar unhas artificiais;
  • Aplique cremes emolientes à volta das unhas;
  • Use luvas, especialmente se passa muito tempo com as mãos na água.

 

Atenção!

O tratamento do panarício depende do agente causador da infeção. Se for uma bactéria, o seu médico prescreverá um antibiótico. Se for um fungo, terá de tomar um antifúngico.

 

Sabia que...

Não tratar adequadamente o panarício pode torná-lo crónico.