Vómitos: como atuar

Surgem associados a várias doenças infantis e não devem causar ansiedade nos pais
Publicado por: Ana Serrão Neto em 14 de Julho 2014
Tags: febre , garganta inflamada , gastrenterologia , vómitos

Os vómitos acompanham muitas das doenças infantis. Surgem, com frequência, em qualquer situação febril, com a garganta inflamada ou na gastroenterite. É importante saber que, por si só, os vómitos não são sinónimo de gravidade.
Após um episódio de vómito, qualquer doente – criança ou adulto – fica prostrado e pálido. Todavia, passado pouco tempo a criança volta ao seu estado habitual.

 

Se a criança vomitou…
7 conselhos práticos

  1. Faça uma pausa alimentar superior a meia hora.
  2. Se a criança vomitou mais de uma vez, ofereça-lhe uma bolacha com doce ou um pouco de açúcar.
  3. Passados mais 30 minutos, ofereça pequenos goles de chá fraco açucarado ou de soro de hidratação oral, com intervalos de tempos regulares.
  4. Se for necessário dar um antipirético, prefira um supositório.
  5. A criança deve fazer uma dieta sem gorduras.
  6. Não a force a comer.
  7. Não transmita ansiedade ao seu filho.