factores de risco cancro da prostata

Fatores de risco

 

Qualquer comportamento ou condição que aumenta o seu risco de ter uma doença é um factor de risco. Se um ou mais factores de risco se aplicarem a si, não quer dizer que desenvolverá necessariamente cancro da próstata. Da mesma forma, o cancro da próstata pode aparecer em homens que não apresentem factores de risco conhecidos.

 

Ainda não foi possível encontrar as causas para o cancro da próstata, mas alguns factores de risco são conhecidos, tais como as actividades que o homem pratica, factores ambientais ou genéticos. Novos estudos sugerem que os factores de risco para o cancro da próstata de crescimento lento são diferentes dos tumores mais agressivos.

 

Os principais factores de risco são os seguintes:

 

Geografia

Os homens que vivem nos EUA ou Europa têm maior incidência de cancro da próstata, apresentado um rácio de 17 casos em 100 homens contra 2 em 100 nos países asiáticos;

 

Raça

Os homens de raça negra têm maior probabilidade de serem diagnosticados com cancro da próstata e apresentarem a forma mais agressiva da doença. As causas para a diferença entre raças não são conhecidas;

 

Idade

O risco de cancro da próstata aumenta com a idade. A maioria dos casos ocorrem em homens acima dos 65 anos de idade. Após os 65 anos, o risco de ter um cancro da próstata é superior a qualquer outro tipo de cancro;

 

Antecedentes familiares

Se o seu pai ou irmão têm ou tiveram cancro da próstata, tem risco de desenvolver a doença, especialmente se o tipo de tumor for o mais agressivo. O seu risco é ainda maior se um deles teve cancro da próstata antes dos 55 anos ou se múltiplos familiares tiveram este tipo de cancro. A incidência de cancro da próstata numa dada família pode ser causada pelo ambiente partilhado, genética ou ambos;

 

Obesidade

Se o seu peso corporal for elevado, está em risco de desenvolver cancro da próstata de crescimento rápido. Este risco aplica-se neste caso, mesmo que coma saudavelmente e faça exercício físico. Por outro lado, a falta de exercício e não ingerir vegetais em doses suficientes aumenta o seu risco de doença, mesmo que o seu peso corporal seja normal. O cancro da próstata que apareça neste contexto é mais agressivo.