Subtipos do cancro da prostata

Subtipos

 

A maioria dos cancros da próstata ocorrem nas células epiteliais do seu tecido glandular. Este tipo de cancro chama-se adenocarcinoma. Habitualmente aparece numa primeira fase na zona periférica da próstata. O segundo local mais frequente é na zona de transição.

 

Há ainda tumores raros da próstata que ocorrem nas células neuroendocrinas. Um dos tumores da próstata neuroendocrinos é o tumor de pequenas células, e é tratado de forma diferente do adenocarcinoma.

 

Com o passar do tempo, as células de cancro crescem e dividem-se o suficiente para formar um tumor. Os tumores da próstata podem crescer bastante e afectar toda a próstata. Podem igualmente crescer através da cápsula prostática e invadir os tecidos circundantes. A este crescimento dá-se o nome de extensão extracapsular.

 

Alguns tumores da próstata podem causar o aparecimento de novos vasos sanguíneos e linfáticos para além dos já existentes, de forma a receber nutrientes para conseguir crescer. Se o tumor da próstata invadir os vasos sanguíneos e linfáticos, pode metastizar, sendo a forma mais frequente é afectar primeiro os ossos e gânglios linfáticos. Embora os tratamentos possam controlar o cancro da próstata depois de metastizar, não se considera curável.