O orgão

O orgão

 

O sistema digestivo é constituído por um conjunto de órgãos que formam o tubo digestivo, conectando a boca ao ânus, por onde passam os alimentos desde que são mastigados até que restam apenas detritos resultantes da digestão, que são eliminados através das fezes. A forrar cada um dos órgãos do tubo estão células epiteliais que formam as mucosas de todas estas diferentes regiões anatómicas.

 

Dispersas nas mucosas do tubo digestivo com maior presença entre o estômago e o cólon, nomeadamente no intestino delgado, estão as células neuroendócrinas. Também existem células neuroendócrinas nas mucosas dos sistemas respiratório e genitourinário.

 

As células neuroendócrinas têm uma origem embrionária diferente das restantes células do epitélio, formando-se perto do tecido que vai dar origem ao sistema nervoso central e depois migram para estas localizações. Por essa razão, as células neuroendócrinas encontrarem-se dispersas pelos sistemas respiratório, digestivo e genitourinário. O sistema digestivo tem a maior quantidade destas células do corpo. Estas células têm características mistas: por um lado, parecidas com as células que formam o sistema nervoso – os neurónios - e, por outro, parecidas com as células produtoras de hormonas das glândulas endócrinas.

 

A função destas células é produzir hormonas que controlam a secreção das mucosas onde estão inseridas e controlar a movimentação das camadas musculares deste órgãos.