Sintomas cancro neuroendocrino

Sintomas

 

Os sintomas de cancro neuroendócrino não são exclusivos, podem aparecer noutras doenças. O facto de ter um ou mais dos sintomas aqui descritos não significa que tem cancro neuroendócrino.


O crescimento do cancro neuroendócrino e as hormonas que o mesmo produz podem causar sintomas. Alguns cancros neuroendócrinos, nomeadamente os do estômago ou apêndice podem não causar sintomas. Os cancros neuroendócrinos são frequentemente diagnosticados como achado ocasional durante a investigação de outras doenças.
 

Os cancros neuroendócrinos do intestino delgado (duodeno, jejuno e ileon), cólon e recto causam sintomas pela forma como crescem ou por causa das hormonas que produzem. Deverá estar atento e consultar o seu médico se tiver os seguintes sintomas:

 

- Dor abdominal

- Obstipação

- Diarreia

- Alteração de cor das fezes

- Náusea

- Vómitos

- Icterícia

- Pirose (sensação de ardor)

- Perda de peso sem razão

- Enorme cansaço

- Sensação de inchaço

- Diarreia

- Perda de peso sem razão

- Hemorragia nas fezes

- Dor pélvica

- Obstipação

 

As hormonas produzidas pelo cancro neuroendócrino do tubo digestivo são geralmente destruídas por substâncias produzidas no fígado chamadas enzimas. Se as hormonas produzidas pelo cancro neuroendócrino entram em circulação ou se o fígado ou outros órgãos à distância já foram invadido pelo cancro neuroendócrino e não as conseguem destruir, os doentes podem ter sintomas relacionados com a presença destas hormonas no sangue. A isto chama-se síndrome carcinóide e os seus sintomas são os seguintes:

 

- Face e pescoço encarnados ou com sensação de aumento de temperatura
- Dor abdominal
- Sensação de inchaço
- Diarreia
- Falta de ar ou dificuldade em respirar
- Frequência cardíaca aumentada