Estadiamento Mieloma Múltiplo

Estadiamento

 

O estadiamento é o processo pelo qual avaliamos a extensão do mieloma se espalharam para vários ossos e qual o impacto que a doença provoca no organismo. A informação obtida pelo processo de estadiamento determina o estadio da doença, fundamental para o tratamento poder ser planeado.

 

Ao confirmar-se o diagnóstico de mieloma múltiplo através de biopsia ossea e de um mielograma, o passo seguinte consiste em proceder ao estadiamento da doença através de exames ao sangue que incluem a análise à albumina e microglobulina beta 2, bem como exames imagiológicos como o TAC e a Ressonância Magnética para avaliar o estado da estrutura óssea.

 

Com base nos exames de diagnóstico efectuados, o estadiamento do mieloma pode ser classificado da seguinte forma:

Estadio I - o mieloma múltiplo provoca os primeiros sintomas; as análises ao sangue demonstram uma anemia discreta, e a presença de imunoglobulina disfuncional em baixa quantidade; o nível de cálcio é normal e os exames radiológicos aos ossos não indicam qualquer lesão;

Estadio II – o mieloma múltiplo progrediu, apresentando sintomas intermédios entre o estadio I e estadio III;

Estadio III – as analises ao sangue indicam anemia abaixo de 8,5, nível de cálcio alto e altos níveis de imunoglobulinas disfuncionais; os exames radiológicos apresenta mais de 3 lesões nos ossos.