Radioncologia

Radioncologia

A Radioncologia, designação recentemente adoptada pela Ordem dos Médicos, integra as áreas outrora conhecidas como Radioterapia e Radiocirurgia.

 

A Radioterapia e a Radiocirurgia são modalidades terapêuticas utilizadas sobretudo no tratamento de doenças oncológicas, que usam radiação semelhante à utilizada no RX convencional - uma forma especial de radiação chamada “radiação ionizante” mas de elevada energia, dirigida por um sistema de coordenadas espaciais (estereotaxia) para atingir tumores, malignos ou benignos, e malformações arteriovenosas.

 

Essa radiação é na sua maioria das vezes gerada num aparelho chamado acelerador linear, que produz dois tipos de partículas utilizadas nas sessões de tratamento: fotões e electrões. A radiação é aplicada externamente, não havendo necessidade de incisões para chegar ao local da lesão a tratar como acontece na cirurgia.

 

Embora utilizem na sua essência o mesmo tipo de radiação, a Radioterapia e a Radiocirurgia diferem na forma como os raios são aplicados para combater o tumor. A Radioterapia direcciona os raios a posições fixas, fraccionando as doses ao longo de poucas semanas. No caso da Radiocirurgia, a mesma é realizada em poucas sessões ou numa única sessão, aplicando-se altas doses de radiação e variando a posição do feixe de radiação durante o procedimento.

 

Estas terapêuticas podem ser efectuadas em contexto pré-operatório, após a realização de uma cirurgia, ou ainda como tratamento único, associado ou não a outras modalidades entre as quais a quimioterapia. A estratégia a adoptar vai depender de diversos factores associados à situação clínica, sendo a mesma delineada num contexto multidisciplinar de decisão terapêutica.

 

ÁREAS DE ESPECIALIZAÇÃO

  •  Radioterapia intra-operatória - Uma abordagem pioneira em Portugal no tratamento do cancro da mama, resultado da articulação entre a radioterapia e a cirurgia. As doentes que cumpram os critérios clínicos para este tipo de intervenção são tratadas numa única sessão, poupando seis semanas de sessões de radioterapia.
  •  Radioterapia Externa 3D conformacional e Radioterapia 4D
  •  Radioterapia de Intensidade Modelada e Guiada por Imagem (IMRT e IGRT)
  •  Radiocirurgia em sessão única
  •  Radioterapia Estereotáxica Fraccionada Intra e Extra-Craneana
  •  Braquiterapia com Alta Taxa de Dose
  •  Braquiterapia com implantes permanentes de baixa taxa de dose com sementes de 125I