Quer praticar surf? Saiba como prevenir lesões

Damos-lhe a conhecer os principais perigos e os cuidados que deve ter para evitar lesionar-se.
Publicado por: Rita Tomás em
Tags: lacerações cutâneas , lesões , lesões da coluna , lesões de sobrecarga , lesões meniscais , prevenção de lesões , surf

Em primeiro lugar, se pretende iniciar a prática de surf, deverá optar por ter o enquadramento de uma escola de surf certificada, onde poderá contar com o apoio e supervisão de instrutores credenciados e material adequado, como uma prancha de iniciação.

 

Lesões de sobrecarga

O surf é uma modalidade exigente e que requer muitas horas de treino para se conseguir dominar os gestos técnicos básicos. Em termos físicos, solicita bastante os membros superiores, em particular para os ombros, sendo comum lesões de sobrecarga devido ao movimento repetitivo de "remada".

A posição prolongada em hiperextensão da coluna (posição de deitado na prancha) obriga a um esforço contínuo dos músculos extensores da coluna e abdominais.

 

Das lesões do joelho às lacerações cutâneas

Os movimentos bruscos de mudança de direção em cima da prancha, podem provocar lesões ao nível dos joelhos (lesões meniscais, entorses) e de coluna (sobrecarga dos discos intervertebrais e articulações interapofisárias posteriores).

No entanto, as lesões mais comuns acabam por ser as situações mais simples, como as lacerações cutâneas provocadas pelo contacto traumático com a prancha, rochas ou o fundo do mar.

 

Proteção total

Como qualquer desporto ao ar livre, é necessário ter cuidado com a exposição solar excessiva e aplicar sempre, entre 15 a 30 minutos antes de entrar na água, um protetor solar à prova de água com um fator de proteção solar elevado.

O uso de proteções na prancha (no "nose"), capacete, tampões para os ouvidos podem ajudar a prevenir algumas lesões/doenças.

 

Aquecimento antes de entrar na água é essencial

Antes de entrar na água, é obrigatório fazer um "aquecimento" dos principais grupos musculares. O surfista principiante deverá limitar o tempo dentro de água (períodos de 30 minutos), fazendo posteriormente alongamento das estruturas mais solicitadas (músculos dos ombros, coxas, pernas e coluna). A prática de surf deverá ser completada por um treino de força adequado "fora de água", preparando os músculos para as solicitações da modalidade e ajudando a estabilizar as articulações mais utilizadas, como os ombros, joelhos e coluna.

 

Sabia que...

Estima-se que em Portugal haja mais de 90 escolas de surf certificadas.