Centro de Alergia

Outros serviços

 

A Imunoalergologia no hospital CUF Descobertas é um dos centros nacionais com maior casuística, quer na idade pediátrica, quer em adultos, dos primeiros meses de vida à adolescência, do adulto jovem ao idoso. Existem famílias em que 3 ou mesmo 4 gerações são por nós acompanhados, contando com uma equipa altamente diferenciada.
Nas suas instalações existem 5 gabinetes de consulta, uma unidade de Hospital de Dia, e várias salas onde são realizados estudos funcionais respiratórios das vias aéreas superiores e inferiores.

 

Baseando a atividade em assistência, formação e investigação, foi-nos reconhecida pela Ordem dos Médicos, desde 2008, a capacidade total para formar especialistas nesta área médica e dar treino complementar a outros profissionais de saúde, sendo muitos os que já estagiaram connosco, enriquecendo-nos também com as suas experiências e conhecimentos.

 

Algumas das metodologias que são aqui aplicadas são muito diferenciadoras, como acontece na realização de tratamentos específicos, com metodologias inovadoras, em crianças com alergia alimentar, nomeadamente com formas muito graves de alergia às proteínas do leite de vaca, permitindo resolver situações potencialmente muito graves, bem como na realização de estudos funcionais respiratórios desde os primeiros anos de vida, em crianças com queixas respiratórias.

 

A sinergia de atuação e abrangente acessibilidade da Imunoalergologia do hospital, é assegurada pelo facto de estar integrada em rede no Centro de Imunoalergologia CUF, o qual engloba a Unidade de Imunoalergologia do hospital CUF Infante Santo e as consultas de Imunoalergologia das clínicas CUF Alvalade e Belém, e dos hospitais CUF Cascais e Torres Vedras.

 

É também fundamental a articulação com as restantes especialidades, da Pediatria, à Otorrinolaringologia e à Dermatologia, da Imagiologia à Patologia Clínica.

 

O corpo clínico dedica-se ainda a diversas ações de educação dirigidas à população geral e aos doentes alérgicos em particular, até porque vários dos seus membros exercem cargos em diversas sociedades científicas nacionais e internacionais, nomeadamente na Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica (SPAIC), que promove múltiplas ações de rastreio, educacionais e informativas, com assinalável adesão da comunidade, para além de intervenções regulares nos diferentes órgãos de comunicação social.