Unidade da Mama

Unidade da Mama

De forma a proporcionar uma oferta assistencial completa no diagnóstico e tratamento das doenças da mama, quer sejam malignas ou benignas, o Instituto CUF de Oncologia organizou Unidades de Diagnóstico e Tratamento Integrado por patologia, nomeadamente para o cancro da mama, cujo acompanhamento é realizado pelas Unidades da Mama da rede CUF.

A Unidade da Mama na CUF Infante Santo é um dos polos da Unidade de Diagnóstico e Tratamento Integrado da Mama de Lisboa, enquadrada na estrutura do Instituto CUF de Oncologia.

 

A Unidade de Diagnóstico e Tratamento Integrado da Mama foi a primeira unidade de mama privada em Portugal. Com mais de 10 anos de atividade e dados publicados, conta com uma equipa multidisciplinar dedicada e especializada no diagnóstico e tratamento do cancro da mama, com grande experiência na deteção precoce e na abordagem ao cancro na mulher jovem (<45 anos).

A aposta do Instituto CUF de Oncologia em recursos humanos altamente qualificados, bem como tecnologia inovadora, permite dar uma resposta atempada às necessidades de quem procura este serviço, nomeadamente na obtenção de um diagnóstico de cancro da mama, diferenciado, em 48 horas.

Nestas unidades procuramos rodear-nos por quem, dentro da sua especialidade, há muito se dedica a esta patologia e assim podermos contar com conhecimento e experiência consolidada nesta área.

O Instituto CUF de Oncologia constituiu, por essa razão, equipas multidisciplinares, com acesso às terapêuticas e tecnologias mais avançadas na rede CUF, colocando ao seu serviço, de forma célere, rigorosa e eficaz, várias décadas de experiência no diagnóstico e tratamento do cancro da mama.

 

A Unidade de Diagnóstico e Tratamento Integrado de Mama de Lisboa do Instituto CUF de Oncologia obteve a sua certificação como Centro Especializado no tratamento do cancro da mama em Portugal, pela EUSOMA - European Society of Breast Cancer Specialists, uma das mais prestigiadas organizações internacionais na área.

Esta certificação confirma o cumprimento integral de rigorosas diretrizes nos serviços disponibilizados aos doentes. Atesta a organização transversal, a experiência e estruturação de equipas multidisciplinares, bem como demonstra resultados de qualidade clínica conformes com as melhores práticas internacionais, componentes que asseguram a excelência clínica e a segurança no tratamento e diagnóstico dos doentes.

 

Saiba mais sobre cancro da mama aqui.