Os primeiros dentes...

Mesmo antes da erupção do 1º dente, é essencial que os pais comecem a zelar pela higiene oral do bebé.
Publicado por: CUF em
Tags: higiene oral da criança , higiene oral do bebé , odontopediatria , primeira dentição do bebé , primeiros dentes dos bebé

Geralmente, o primeiro dente surge cerca dos 6 primeiros meses de vida mas o seu aparecimento é variável de bebé para bebé. No entanto, a higiene oral do bebé deve ser iniciada antes do nascimento do primeiro dente, depois da última mamada, utilizando-se uma gaze ou dedeira.
A primeira dentição, «de leite», é composta por 20 dentes e costuma estar completa cerca dos 2 anos/2 anos e meio.

 

Baba e dores

Quando o aparecimento de um dente se avizinha, o bebé costuma babar-se muito (embora a baba também possa estar associada a outros fatores). A erupção do dente costuma fazer-se acompanhar por inflamação da gengiva, o que pode ser doloroso. Os pais podem embeber uma compressa esterilizada em água fria e aplicá-la na gengiva do bebé ou recorrerem a medicamentos que funcionam como anestésicos locais, de aplicação tópica. Se as dores forem muito fortes, pode ser preciso dar ao bebé um analgésico sob a forma de supositório ou xarope.

 

Febre?

Nem sempre a erupção dos dentes provoca febre. Mas, ao surgir, costuma ser baixa e passageira. Os pais devem contactar o Pediatra caso a febre seja alta ou persistir durante mais de 2 dias.

 

Iniciar a higiene oral

Ainda antes de ocorrer a erupção do primeiro dente os pais devem fazer a higiene oral do bebé, após a última mamada. Depois de nascer o primeiro dente, a higiene oral deve ser incorporada duas vezes por dia (uma delas depois da última refeição do bebé) na rotina diária.

 

Como?

Os pais devem usar uma gaze ou dedeira com uma quantidade mínima (como se fosse um esfregaço) de dentífrico fluoretado - escolhendo uma pasta dentífrica infantil com uma concentração de 1500 ppm.

Quando o bebé já tiver os 20 dentes, os pais devem ter como medida orientadora para a quantidade de pasta de dentes a unha do dedo mindinho do bebé.

Não é necessário recorrer a suplementos de flúor.

 

Ensinar a escovar os dentes

Depois dos 2 anos a criança já pode começar a aprender, progressivamente, a escovar os dentes, utilizando uma escova pequena e macia e sempre sob vigilância dos pais, que devem dar o seu contributo para que a operação seja realizada eficazmente. Deixar a criança escolher uma escova de dentes e copo com o seu personagem preferido dos desenhos animados pode ajudá-la a gostar mais do ritual de lavagem dos dentes.

 

Alimentação e cáries

É sabido que os doces são os principais responsáveis pelas cáries dentárias e os pais devem evitar que os filhos comam guloseimas, principalmente entre as refeições. Mas o leite, quando em contacto prolongado com os dentes, também provoca cáries, pelo que é importante que a lavagem dos dentes seja a última coisa a fazer antes de a criança ir dormir. Assim, quando a criança atinge 1 ano, os pais devem tentar abolir o biberão da noite.

 

Quando é que os pais devem levar a criança ao odontopediatra?

As orientações da American Odontopediatric Academy são que a criança seja vista pelo Odontopediatra quando tiver 1 ano. Já a American Academy of Pediatrics recomenda que a primeira consulta seja feita aos 3 anos.

 

As cáries nos dentes "de leite" têm de ser tratadas?

Sem dúvida, pois podem lesar a polpa do dente e prejudicar os dentes definitivos.

 

Quando se inicia o processo de substituição dos dentes de leite?

Cerca dos 6/7 anos, embora varie de criança para criança - tal como acontece com o nascimento dos primeiros dentes. A partir dessa idade, a criança, ajudada pelos pais, deve começar a utilizar o fio dentário como complemento à lavagem com a escova de dentes.

 

Sabia que...

Segundo a American Academy of Pediatrics, as cáries precoces são a doença crónica nº1 que afeta crianças pequenas.