Encontro europeu sobre Gliomas de "baixo grau" reúne especialistas em Lisboa

Catarina Viegas, neurocirurgiã do Instituto CUF de Oncologia (I.C.O.), é a presidente da 13ª edição do European Low Grade Glioma Network, a decorrer na Universidade Nova de Lisboa nos dias 22 a 23 de junho.

13th European Low Grade Glioma Network

 

Os gliomas difusos de baixo grau constituem uma entidade rara de tumores cerebrais, de crescimento lento, que se manifestam em 80-90% dos casos por uma crise epilética, em doentes jovens, funcionalmente ativos, que mantêm as suas vidas familiar, social e profissional normais.

 

European Low Grade Glioma Network (ELGGN) é uma organização europeia ativa, que junta centros cirúrgicos e neuro-oncológicos com equipas dedicadas ao tratamento dos gliomas difusos de baixo grau.

Apesar de todos estes centros estarem primariamente envolvidos na cirurgia com o doente acordado, o objetivo é juntar todas as especialidades envolvidas nesta patologia: Neurocirurgia, Anestesiologia, Biologia Molecular, Radioterapia, Oncologia, Terapia Ocupacional, Neurologia, Neurorradiologia, Neuropsicologia e Linguagem.

 

Há um encontro anual que envolve os mais prestigiados especialistas mundiais e que cada ano tem lugar numa diferente cidade europeia.

O primeiro encontro ocorreu no ano de 2006 em Paris, no Hospital de Salpêtrière, tendo como fundador o Professor Hugues Duffau, professor de Neurocirurgia reconhecido mundialmente pela investigação e tratamento dos gliomas difusos de baixo grau e pela questão da plasticidade cerebral, galardoado em 2010 com a medalha Herbert Olivecrona, equivalente ao Nobel da Neurocirurgia.

O principal objetivo deste grupo é a criação de uma plataforma onde clínicos e investigadores se possam encontrar e discutir o tratamento dos gliomas difusos de baixo grau, partilhar informação e experiência, de forma a potenciar a participação em estudos multicêntricos e homogeneizar as formas de atuação na Europa e no mundo.

 

Catarina ViegasCatarina Viegas, Neurocirurgiã da equipa de Tumores Cerebrais do Instituto CUF de Oncologia, integra este grupo e é a especialista de referência para o tratamento deste tipo de Gliomas em Portugal, contando já com uma casuística de mais de 80 casos. Um número considerável, tendo em conta que se trata de um tipo de tumor raro.

 

A 13ª edição do European Low Grade Glioma Network tem como chairman Catarina Viegas e conta com a organização da Academia CUF.

 

Mais informações aqui.