Unidade de Medicina Aeronáutica e Medicina de Viagem

Unidade de Medicina Aeronáutica e Medicina de Viagem

Medicina Aeronáutica

A Unidade de Medicina Aeronáutica está vocacionada para a avaliação e para a certificação médica dos pilotos da aviação comercial e pilotos particulares, tripulantes de cabine e controladores de tráfego aéreo.

Esta Unidade encontra-se dotada de instalações e equipamentos médicos sofisticados adequados à realização dos exames aeromédicos e levados a cabo por médicos AMEs e pessoal técnico especializado.

 

Realizamos exames de:

  • Revalidação a pilotos Classe 1 (aviação comercial)
  • Exames iniciais e de revalidação a pilotos Classe 2 (pilotos particulares)
  • Exames iniciais e de revalidação a pilotos de ULM - ultraleves (pilotos particulares)
  • Exames iniciais e de revalidação a tripulantes de cabine (aviação comercial)
  • Exames iniciais e de revalidação a CTA - controladores de tráfego aéreo

 

Exames complementares a realizar:

  • Análises clínicas (sangue e urina)
  • Eletrocardiograma
  • Audiograma
  • Exame de oftalmologia
  • Teste da função pulmonar

 

Medicina de Viagem

A Consulta do Viajante tem como destinatários todas as pessoas que vão realizar viagens para destinos habitualmente designados como tropicais (exemplos: África Subsariana, América do Sul, América Central, Índia, Sudeste Asiático).

Nesta consulta é efetuada a avaliação do risco associado à viagem, integrando quer as particularidades do destino quer do próprio viajante.  Após esta avaliação são prestadas informações detalhadas e adaptadas a cada viajante sobre os riscos particulares da viagem e sobre as medidas preventivas mais adequadas - por exemplo, esta consulta aborda a prevenção e tratamento da diarreia do viajante, a vacinação, a profilaxia da malária e a prevenção de doenças transmitidas por picada de artrópodes.

Destina-se igualmente à avaliação clínica diagnóstica e terapêutica quer do viajante que regressa doente quer dos naturais de países designados como tropicais que possam apresentar patologia aguda ou crónica.

Assim, a Consulta do Viajante desempenha papel importante quer na redução de riscos associados à viagem quer na avaliação de doentes em contexto pós-viagem.